Nos últimos anos os concursos de Tribunais se tornaram muito atrativos e concorridos, já que oferecem uma excelente remuneração aliada a uma boa carreira e benefícios. Mas você sabe mesmo como passar em um concurso de Tribunais?

Para superar a concorrência e errar o mínimo possível na hora da prova, você não pode estudar de qualquer jeito. Você precisa de estratégia e planejamento para passar em concurso de Tribunais.

Por isso, preparamos 6 dicas fundamentais para você passar em concursos de TRT, TRE, TJ e TRF.

Resultado de imagem para nota 10 gifs

1 – Tenha foco e se torno um especialista em Concurso de Tribunais

Resultado de imagem para focus gif

Para ter chances de ser aprovado e nomeado em concursos de Tribunais você precisa acertar em média 90% das questões objetivas.

E você não vai conseguir esse índice se aventurando na área. Você precisa se tornar um especialista nesse tipo de concurso.

Não dá para estudar alguns meses para algum concurso TRT e depois da prova, mudar de rumo porque saiu o edital do INSS, por exemplo.

Você precisa ter uma sequência para ganhar bagagem nessa área. Você pode até alternar entre os concurso TRT, TRF, TJ e TER, mas não saia da área de Tribunais.

Nesse meio não há mais espaço para amadores. Tenha foco e torne-se um especialista em concursos de Tribunais.

2 – Estude por matérias específicos para Concurso de Tribunais

É impressionante como tem gente que adora sair recolhendo apostilas, cursos em PDF e videoaulas de vários concursos diferentes para reunir tudo em um único material de estudo.

Mas para passar em concurso de Tribunais você precisa de um material de estudo específicos para esta área. Esse material precisa ser mais objetivo, sem muita enrolação e com foco no edital do concurso que irá prestar;

Você pode até aproveitar material de outros concurso, mas, desde que seja de algum Tribunais.

A vantagem é que esses materiais específicos contempla todo o conteúdo programático do edital e estão devidamente atualizados.

Assim você não corre o risco de deixar de estudar algum ponto importante ou de estudar alguma lei revogada.

3 – Não descuide das matérias de conhecimentos gerais e da prova discursiva

Imagem relacionada

Quem estudo para Tribunais tem mania de achar que só as matérias jurídicas são importantes. E aí não dá a devida importância para disciplinas bases como Português, Informática e Raciocínio Lógico-Matemático.

Só que, atualmente, a concorrência só está aumentando e você não pode cometer esse tipo de erro. Cada ponto é fundamental.

Por isso, tenha especial atenção com as matérias jurídicas, mas jamais descuide das matérias básicas. Além disso tenha em mente que você não vai passar em um concurso de Tribunais se não souber escrever. Por isso, trate, como qualquer outra matéria e treine!

Não deixe para fazer sua primeira Redação ou Estudo de Caso somente na hora da prova. Também é importante que você leia atentamente o edital para conhecer as regras desse tipo de prova. Assim você não vai chegar no dia da prova com a caneta errada, não vai fazer a marcação indevida ou escrever além do espaço permitido.

4 – Não gaste muito tempo com teoria

Você não vai passar em concurso de Tribunais lendo aqueles livros gigantes com as mais variadas correntes doutrinárias sobre um determinado assunto.

Você precisa estudar por um material voltado para concursos públicos, que seja esquematizado, didático e objetivo.

Não estou dizendo para você não estudar doutrina. O que não pode é você perder tempo com teoria que não ser cobrada na sua prova.

Por isso, mais uma vez, reforçamos a necessidade de você estudar por materiais específicos para Tribunais. É que esse tipo de material já vem com a dose certa de doutrina que você precisa estudar.

Além dessa dose de doutrina, materiais específicos também trazem a legislação e exercícios comentados.

5 – Conheça a banca organizadora

Além de se especializar em concurso de Tribunais, você vai precisar conhecer a banca organizadora. Como as questões se repetem, você não pode errar aquilo que já foi cobrado.

Além disso, você precisa estar preparado para não cair nas pegadinhas da FCC, CEBRASPE ou Consulplan.

E como você consegue isso? Fazendo exercícios! Baixe todas as provas anteriores de Tribunais da banca do concurso que irá prestar e resolva as questões.

Além disso, você pode utilizar sites com questões de concurso que permitem que você filtre somente questões de uma determinada banca organizadora.

Você também pode utilizar nosso aplicativo de questões. Além de diversas questões, você pode analisar as estatísticas e trabalhar nos seus pontos de maior dificuldade.

6 – Faça exercícios exaustivamente

Imagem relacionada

Essa, é a dica mais importante para você passar em concurso de Tribunais. É na resolução de questões que você realmente aprende e fixa o conteúdo.

Quando você começa a estudar para Tribunais, acaba perdendo muito tempo fazendo caderno de resumos para tentar fixar o conteúdo e ter um material de revisão. Porém este processo vai tornar seu estudo lento, chato, desanimador. E o pior de tudo, é que raramente você vai reler esses resumos para revisar.

É muita coisa, e não dá tempo!

No começo você vai errar muito, mas com o tempo o desempenho vai melhorando significativamente e isso é motivador! Esta é a forma mais prazerosa de estudar, revisar e fixar o conteúdo: fazer exercícios e mais exercícios, principalmente comentados.

Mas não caia no erro de partir logo para os exercícios sem ter nenhuma base teórica. Antes disso, você precisa ter o mínimo de contato com a doutrina e a legislação.

Depois disso, é só se debruçar sobre os exercícios e evoluir cada vez mais.

Enfim, não descuide da doutrina nem da legislação, mas tenha em mente que a etapa mais importante para passar em concurso de Tribunais é resolver questões exaustivamente.

Agora que você já sabe de todos esses passos essenciais, que tal investir em uma preparação com quem há 20 transforma vida e realiza sonhos? No Ímpar além de Orientação Estratégica, você tem acesso a Teoria Otimizada, e a nosso APP com milhares de questões para você exercitar.

Quer conhecer melhor nossa metodologia? Você pode assistir gratuitamente nossa palestra sobre Os Impactos da Reforma Trabalhista no Concurso do TRT.

Vai perder? Clique e acesse! 🙂

Dicas por: Guilherme Machado – Editor do Blog QPC