O concurso BNB inscreve para 700 vagas. Veja dicas de Conhecimentos Bancários do professor Fernando Nobre, do curso Ímpar.

O concurso para o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) é um dos destaques do momento. Com 700 vagas, a seleção já está com inscrições abertas para os cargos de analista bancário e especialista técnico/analista de sistemas. Se você é um dos interessados, confira as dicas de estudo do professor Fernando Nobre, do curso Ímpar,  para a disciplina Conhecimentos Bancários.

De acordo com o professor, a prova de Conhecimentos Bancários do concurso BNB possui peculiaridades a serem observadas pelos candidatos. A primeira é que ela representa 50% da pontuação máxima. A segunda caracaterística é que esta é dividida em três tópicos: Conhecimentos Bancários em geral; Conhecimentos Jurídicos e Operações Especificas do BNB.

 

Para estudá-la, Fernando Nobre aconselha que o aluno trace um plano, de forma a não querer estudar todas as matérias em um único dia. Ele deve, portanto, separar as matérias por dia evitando misturar disciplinas heterogênas. “Lembrando que, em se tratando de um concurso com curtíssimo tempo para estudo, um curso preparatório é muito importante, uma vez que os professores focam nos assuntos de grande relevância e importância à aprovação”, comentou.

Estude já para o concurso BNB!

Concurso BNB

Como o Cebraspe costuma cobrar a disciplina?

O Cebraspe, organizador do concurso, gera receio em muitos candidatos, que se perguntam: como virá a prova da banca? O professor do curso Ímpar reconhece as dificuldades nas provas do Cebraspe, já que possui larga experiência como organizadora de concursos bancários. Entretanto, alerta também que a banca deverá manter o padrão de dividir as questões em níveis fácil, médio e difícil, na proporção de 33,33%. Isso deve servir para o candidato traçar estratégias.

“A prova busca eliminar os candidatos que não possuam o conhecimento desejado, tendo 36 pontos como ponto de corte, assim, como toda prova em que uma errada anula um certa, a maior dificuldade está em não errar, saber discernir e concluir as questões que o candidato entenda possuir alta possibilidade de erro”, diz.

O professor explica que na matéria Conhecimentos Bancários o maior grau de dificuldade está no candidato entender qual a função desenvolvida pelas instituições bancárias e não bancárias que compõem o Sistema Financeiro Nacional (SFN), e as suas áreas de atuação. “A exemplo: muitos pensam que o Banco do Nordeste é um Banco de Desenvolvimento, quando na verdade é um Banco Múltiplo voltado ao fomento e desenvolvimento regional”, menciona.

A dica que ele dá aos concurseiros para que se saiam bem na disciplina e no concurso BNB em geral é ter foco, disciplina e objetividade, estudar sem exaustão e manter o equilíbrio entre estudos e demais afazeres. “Lembrando que teremos 120 questões a serem respondidas em apenas três horas e meia, o que exige muito equilíbrio e administração do tempo”, diz.

Sobre a data da prova que foi alterada do dia 25 de novembro para o dia 2 de dezembro, o professor aconselha que o candidato, nestes mais sete dias, supra suas dúvidas e faça mais exercícios e simulados.

Concurso BANCO DO NORDESTE inscreve até 15 de outubro

As inscrições do concurso BNB 2018 poderão ser feitas até 15 de outubro, pelo  site do Cebraspe. É necessário o pagamento da taxa de R$59 para cargo de analista bancário (nível médio) e R$67 para especialista técnico/analista de sistemas (superior). O valor poderá ser pago até o dia 5 de novembro.

Os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), membros de família de baixa renda ou doadores de medula óssea poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição até as18h, do dia 15 de outubro, por meio do site do organizador.

Para analista bancário a remuneração é de R$$2.854,68 e para especialista técnico/analista de sistemas de R$4.941,17. Além da remuneração, o Banco do Nordeste oferece os seguintes benefícios:

♦Auxílio-refeição;
♦ Auxílio Cesta Alimentação;
♦13ª Cesta Alimentação;
♦Auxílio-creche;
♦ Seguro de vida em grupo;
♦Possibilidade de participação em plano de previdência complementar, de forma contributiva;
♦Oportunidade de ascensão e desenvolvimento profissional.

 

Fonte: https://folhadirigida.com.br/noticias/concurso/bnb/concurso-bnb-professor-da-dicas-para-conhecimentos-bancarios